Repsol Cria Um Fundo De 50 Milhões Para Investimento Social E Promover A Transição Energética

Repsol Cria Um Fundo De 50 Milhões Para Investimento Social E Promover A Transição Energética 1

a Repsol divulgou que destinará um fundo de 50 milhões de euros aproyectos de investimento de choque social relacionados em focos de mudança energética e inclusão de grupos vulneráveis. Além do mais, salientou que o investimento por este domínio em Portugal ainda é incipiente e que há necessidades, contudo que assim como há oportunidades. O fundo será gerido a partir da organização “Repsol Impacto social”, que tem como intuito destinar 5 milhões de euros pro teu desenvolvimento inicial e no investimento das statrup, ao longo do primeiro ano. Todas as startups que participem nesse projecto necessitam fazer-se, ser escaláveis e economicamente sustentáveis, para que possam reinvestir os resultados gerados no empreendimento, a começar por um eixo de uma adequada gestão empresarial.

O fundo irá priorizar cinco segmentos de atuação: transformações climáticas e redução de emissões, com projetos, a título de exemplo, de reflorestamento, mobilidade sustentável, economia circular, competência energética, produtos ecológicos e serviços de inclusão rural. Pra realização deste projeto, a companhia fechou parceria com duas entidades relacionadas em Portugal nesse tipo de investimento (Fundação Ship2B e Open Value Foundation). Além do mais, a Repsol Impacto Social será associado dos fóruns de investimento social National Advisory Board (NAB), em Portugal e o European Venture Philantrophy Association (EVPA) na Europa.

  • 3 Poderes jurídicos
  • 1946-1952 : Miguel Alemão Valdéz
  • Grã-cruz da Ordem de Cristo (República Portuguesa, 20 de abril de 1978).[71]
  • 1 História 1.Um Cronologia
  • Francisco Pérez Abellán. “O assassinato de Prim.” 28 de janeiro de 2005. Liberdade Digital

Anos mais tarde, se relacionaram essas anomalias com a vida de inversão de polaridade magnética. No laboratório de paleomagnetismo somos capazes de decifrar este sinal magnética (chamada imantação remanescente) e, a partir daí, deduzir a direção e, em muitas ocasiões, bem como, a intensidade do campo magnético terrestre do passado. Sem entrar em detalhes, vale a pena mencionar que esta técnica tem sido fundamental para mostrar a expansão do fundo oceânico nas dorsais oceânicas e, logo em seguida, fazer teorias tão importante como a tectónica de placas.

Assim, estudos paleomagnéticos efetuados em rochas, distribuídas por toda a superfície da terra permitiram checar que os pólos magnéticos foram investidos várias vezes ao longo da história de nosso planeta. Quer dizer, os pólos norte e sul magnéticos trocam suas posições. Ademais, esses estudos esclarecem que as inversões de polaridade acontecem sem acompanhar um padrão instituído e, além disso, apresentam diferentes durações.

Tais como, sabemos que a última inversão dos pólos teve território há cerca de 780 1000 anos. Como estamos a aproximar-Nos um investimento? Além disso, como o procedimento de investimento acontece em escalas de tempo muito maiores do que a existência dos animais migratórios, parece lógico pensar que as sucessivas gerações sejam capazes de acertar-se gradualmente às transformações geomagnéticos. Podemos mostrar, desta forma, que não há evidências de que a próxima investimento magnética vá pra causar nenhuma catástrofe natural, nem sequer ameaçar a sobrevivência da humanidade.

Por outro lado, se é verdade que a nossa nação é já altamente dependente da tecnologia e, desta maneira, é altamente vulnerável às perturbações eletromagnéticas. E se é verdade que o efeito protetor do campo magnético terrestre contra partículas carregadas diminuiria de forma considerável durante um investimento. Dessa forma, durante um investimento das infra-estruturas eléctricas do planeta e os sistemas de telecomunicações podem ser mais vulneráveis a grandes tempestades solares, como a acontecida em 1859, potencialmente, causar grandes perdas económicas.

No passado perturbações magnéticas de imediato provocaram danos no tecido tecnológico, queimando transformadores e provocando apagões. Contudo, muito porventura quando suceder uma nova inversão magnética, teremos os meios técnicos necessários para desafiar seus possíveis efeitos e, por conseguinte, não parece viável que as decorrências podem ser desastrosas.

Enquanto isto, os cientistas continuaremos lendo o caprichoso modo do campo magnético terrestre. Só desta forma poderemos desvendar sua origem, compreender a sua melhoria e bem estar preparados para minimizar os efeitos adversos que possam gerar o enfraquecimento desse escudo contra a radiação que chega periodicamente ao nosso planeta.

Estas medidas de protesto foram realizadas como parcela do chamado à greve nacional da polícia contra a Lei do Serviço Público, aprovada no dia anterior, uma reforma de trabalho do setor público que, aparentemente, afetava os policiais. O presidente rafael Correa recorreu ao regimento de polícia, o principal questão da greve, e fez um discurso em que lhes falou que não ia doar marcha-atrás com a lei em charada.

em seguida, o presidente desceu pra praça, onde se montava a greve e, minutos depois, foi agredido com uma granada de gás lacrimogêneo e teve que pôr uma máscara de gás. Também, ficou ferido de um joelho recém-operado. O presidente foi afastado com dificuldades do tumulto e levado pro Hospital Quito Número um (administrado pelo corpo humano de polícia do equador) que se encontrava junto ao território dos fatos.