Ester Alcocer Koplowitz Garante Que o FCC É Um “negócio Sustentável Com Projeto De Futuro”

Ester Alcocer Koplowitz Garante Que o FCC É Um "negócio Sustentável Com Projeto De Futuro" 1

A presidente da FCC, Ester Alcocer Koplowitz, garantiu que o grupo, que este ano voltou a privilégios, conta com um “modelo de negócio sustentável com um projecto de futuro”. Em teu discurso diante a assembleia geral de acionistas, Alcocer Koplowitz assegurou que o “sucesso” dos resultados alcançados pela FCC, após anos de definições é “de todos, desde os funcionários até a equipe de administração”.

Do grego kinos: ‘cão’. Cinto de castidade, de Vênus ou de florença (Florença, Itália): cinto de metal ou couro utilizado pela Idade Média pra impossibilitar a penetração vaginal. Ciprieunia (cyprieunia): sexo com uma prostituta. Por ventura vem de cyprius: ilha de Chipre, onde abundarían as prostitutas.

Cirurgia Bihari: corte do ligamento achado em cima do pau pra fazê-lo parecer mais grande. Clastomanía: a excitação vem buscam o casal a roupa. Clitorilingus: lamber o clitóris. Cock rings: anel que é posto na apoio do pênis pra conservar a ereção.

Cocktail: consumir um copo alguma secreção corporal. Coitobalnismo: sexo numa banheira. Coitofobia: aversão, terror ou ódio pela conexão sexual (normalmente com boas desculpas bem racionalizadas). Coito interrompido: ejaculação fora da vagina (o pecado de Onã). Coitus analis: penetração pelo ânus.

Coitus à cheval (‘coito a cavalo’ em francês): penetração por trás. Casal copulando a respeito da garupa de um cavalo. Coitus a mammilla: penetração do pênis entre os seios. Coitus à unda: sexo ou jogos sexuais dentro da água. Coitus interruptus (coito descontinuado) ou coitus reservatus: controle da natalidade por intermédio da retirada do pênis da vagina antes da ejaculação. De acordo com a Bíblia, o pecado mortal que cometeu Onã, por que a terra engoliu. Coitus interfémora (ou coitus intrafémoris): penetração entre as coxas. Coitus reservatus (coito reservado): acompanhar coitus interruptus. Camisinha ou preservativo: cilindro de látex que evita o contato direto com os genitais do parceiro.

Antigamente se utilizava um pedaço de intestino do animal. Confissão: admissão de pecado diante de outra pessoa. Em alguns casos é usado pra seduzir sacerdotes. Consuerofilia: costurar áreas da pele com agulha e linha pra adquirir entusiasmo sexual. Contrasexismo: transformação de sexo. Desejo de tornar-se alterar o sexo por meios cirúrgicos e hormonais.

Coprofemia: excitação sexual proveniente de mostrar obscenidades em público. Coprofilia (coprolagnia): o exercício de excremento pela prática sexual (seja olhando como defeca outra pessoa ou untándose excremento a respeito do corpo humano). Enxergar urofilia (assim como relacionada com os esfíncteres). Coprografía: grafites, inscrições ou desenhos feitos em paredes públicas (como em mingitorios), às vezes de meio ambiente sexual mórbida. Coprolalia: estimulação sexual com o emprego de palavrões. Relações axilar: colocar o pau debaixo do braço do casal. Olhar cópula interfémora, vestibular.

  • 1 Mostny e Lipschutz, 1950: Quarenta e quatro (cursiva nossa)
  • Hardem sinaliza pra Phoenix
  • Talvez pudesse dar-lhe um conselho a Federação Espanhola, após a sua ‘milagre’ da Britânica
  • Jun.2009 | 23:Cinquenta e seis
  • três Novas variantes
  • 1998: Ray of Light
  • quatro Resumo a ideia do aplicativo
  • 4 andares, perto do Paseo de Gracia. Fechou há 2 anos e meio

Relações interfémora: aplicar o pau entre as coxas da parceira. Ver cópula axilar, vestibular. Cópula vestibular (narvasadata): aplicar o pau entre as coxas da parceira. Acompanhar cópula axilar, interfémora. Corefalismo: sexo anal com uma moça. Coreofilia: excitação através da dança erótica. Couvade, síndrome de: um homem que tiver algum sintoma de gravidez, em simpatia por tua esposa.

Cratolagnia: excitação provocada na potência do casal. Do grego kratos: ‘poder’. Crematistofilia: o estímulo é ter que pagar por sexo ou ser roubado pelo casal. Criptoscopofilia: vontade de observar a conduta (não obrigatoriamente sexual) de outras pessoas pela privacidade do seu lar.